Malas, memórias e livros…. [RESENHA – Malas, Memórias e Marshmallows – Fernanda França

Tags

, , , , , , , ,

Eu num sou muito fã de marshmallows hahahahha… mas sou alucinada por livros… e viagens… e quando um livro fala de viagem nem sei o que descrever. A Fernanda França fez um livro fantástico, a leitura prende, não cansa, você torce e tenta falar com a personagem. Você se identifica com ela.

blogs_MMM_capa_peq

Ainda mais eu que quero viajar e conhecer novos lugares, e o jeito que os lugares que a protagonista conhece é descrito você morre de vontade de conhecer, ela não te dá detalhes nenhum, apenas coloca a pulguinha atrás da sua orelha. Adorei a trama o enredo e a leveza.

Agora quero preparar minhas próximas viagens com as dicas que peguei do livro. Adorei o livro e recomendo pra quem quer uma leitura rápida e leve.

Novos ventos

Tags

, , , , , ,

Desde pequena adoro rajadas de vento enquanto caminho, daquelas que jogam o cabelo e o vestido. Acho que é o universo nos dizendo pra seguir em frente ou avaliar o caminho que estamos tomando. Esse ano eu quero olhar mais pra onde estou indo, avaliar cada passo, ver cada degrau que eu subo ou desço.

vento5

Com essa ideia eu comecei a ver os vídeos que um grande amigo em conjunto com um amigo estão fazendo, são vídeos sobre fotografia, pra dar dicas pra quem quer trabalhar no ramo ou quem só quer tirar fotos melhores. E eu estou amando a série, principalmente porque quero melhorar minhas fotos, aprender a tirar fotos de raios e fotos em movimento.

(sim sou eu que é citada no vídeo)

E com os vídeos deles tirei ideias não só pra fotografia, mas pra trabalhos freelas que quero começar a desenvolver, mas preciso saber se sou capaz de levar o trabalho de forma que eu sempre levo, dando 110% de mim, e ainda levar o mesmo nível de trabalho para os freelas que eu quero desenvolver. Com isso em mente comecei a pegar trabalhos mais simples e montar toda a estrutura de projeto, quebrando em tarefas menores, usando ferramentas gratuitas disponíveis na internet para que eu possa mostrar ao meu cliente o progresso do trabalho.

Então tenho estudado mais sobre o que eu quero desenvolver, testado ferramentas e ajudando amigos nos trabalhos deles. Assim quero melhorar meu ritmo e poder um dia dizer que meus trabalhos são o que eu quero entregar.

Pesadelos

Tags

, , , , ,

Acho que todo ser vivo pensante já teve pesadelo. Essa semana foi uma semana cheia de pesadelos, o meu cachorro acordou chorando com medo tive que ir acalmá-lo, eu tive dois e daqueles que acordamos com os olhos cheios de lágrimas e respirando fundo.

0268

Mas além de nos deixar péssimos pra que servem?! Bom eu penso que podemos tirar algo de tudo que nos acontece. O que eu tiro?! Que se tivemos um sonho ruim relacionado com alguém que amamos, devemos estar com pouco contato com essa pessoa. Não custa dar uma ligadinha, colocar o papo em dia e relaxar ao ouvir que essa pessoa está bem.

Se for algo relacionado a nós? Bom se for alguém nos perseguindo, deve ser algum peso que a gente não conseguiu desligar, então uma boa meditação e verificar o que nos prendeu… Se for algo de saúde, porque não fazer um check up?

Sei que a sensação de acordar soluçando ou ofegante não é a das melhores do mundo, mas pense o que fez teu subconsciente montar um sonho tão estressante? O que está deixando ele tão estressado?

E pra dormir tranquilo, uma boa oração/meditação acompanhado de chá ajuda que é uma beleza. Eu tomo um chá antes de dormir e capoto na hora, se for um chá calmante então é batata que vou dormir que nem uma pedrinha sem me preocupar com nada, nem com pesadelos. E espiritualidade, cada um com a sua, traz paz pra alma. E se você acreditar um bom apanhador de sonhos resolve o problema. =)

91e44d521195220cd57165af5914fb72

Então bons sonhos!!!!

Final do Ano

Tags

, , , , , , ,

O que é um final de ano pra você? Pra mim é o fechamento, é a avaliação do ano que passou e a hora de rever as metas e preparar as próximas. Esse ano foi tenso, cheios de altos e baixos, complicado tanto pra mim quanto pro resto do mundo. Mas posso falar apenas do que ele foi pra mim. E nesse ano eu realizei sonhos, me preparei para próximos sonhos. E aprendi, eu errei, e aprendi de novo.

Bom ano passado eu defini algumas metas, e quero fazer a retrospectiva sobre essas metas. E qual as metas para esse ano. Não gosto de fazer várias metas. Acho que se você tem poucas se concentra mais em realizá-las e não dispersa, então ano passado foram 3 metas: ser mais solidária, estudar mais e ser feliz.

Ser mais solidária

Android_Smart_Girl-03Dentre várias atividades que eu fiz nesse aspecto uma me emocionou ao extremo. Não que as outras não foram emocionantes, mas essa mexeu com os meus pilares. Fiz parte do projeto Android Smart Girls do WIE (Women in Enginerring). Nesse projeto ajudei a criar o material didático utilizado. O projeto consistia em ensinar meninas de um colégio público a programarem para dispositivos Android, utilizando o MIT APP Inventor. Foi tão incrível participar desse projeto, ver o encontro final onde as meninas apresentaram seus projetos que serão inscritos no Technovation Challenge. Ver o que elas conseguiram, e saber que você faz parte disso. Não tem preço!!!!

Participei de outro projeto também do WIE que é o GirlsHackDay, fui monitora e também consistia em ensinar programar Android usando o MIT APP Inventor, a diferença é que foi voltado para garotas de graduação e pós. Foi super legal no final do dia ver aquelas garotas mostrando seus trabalhos e falando seu nome como uma das responsáveis por terem conseguido.

No final também saio ganhando não só emocionalmente, mas profissionalmente também. Fiz um networking fantástico, conheci a Camila do Mulheres na Computação. As meninas do WIE, e outras pessoas fantásticas no projeto.

Estudar mais 

445858742fa07414332d024785672467Não sei o quanto eu fiz dessa meta, sei que me dediquei em várias coisas. Mas não tomei nenhuma atitude marcante, não me matriculei em nenhum curso, e no Coursera eu tenho alguns cursos começados mas não terminei nenhum. Estudei várias coisas que não conhecia para o trabalho, aprendi bastante sobre o que eu precisava. Mas acho que foi uma meta que deixei um pouco de lado na minha visão. Devia ter me dedicado mais. Vamos ver se esse ano consigo me preparar melhor pra essa meta.

Ser feliz

c0fd3c54f7907e3f9c0d49d25e5760b4Foi uma meta complexa. Em 2013, passei por várias provações. Não iguais a 2012 mas não menos tensas. Então tinha colocado na minha cabeça que deveria curtir mais a vida, e a simplicidade. Nada de coisas complexas pra me fazer feliz. E acho que esse ano consegui colocar minha cabeça no lugar. Não que minha vida tenha sido só alegria esse ano, claro que teve momentos de angústia. Mas eles não me puxaram tão fundo dessa vez, consegui sair pro cima deles.

Realizei sonhos, graças a minha família. Consegui colocar meu financeiro em dia (finalmente). Consegui curtir viagens curtas conhecendo lugares perto que tem tanto a oferecer. Conheci lugares longe que são paraísos na Terra. Conheci muita gente importante para mim. Fiz amigos, revi outros.

Metas para 2015

Já para esse ano, vou me concentrar em 3 metas também, acho que o saldo foi positivo e quero repetir.

1) Voltar a tocar piano

cfa9945070e1fbed77e4f9d74d6460e1

Sinto falta. Mas percebi que não adiantava eu voltar pra escola e só ter uma aula de piano por semana, eu precisava me dedicar todo dia pra ver a evolução. Isso significa que preciso comprar um piano. Porém, e um porém bem grande, moro em um apartamento que não tem elevador, então se não quiser matar nem o entregador e nem os vizinhos, eu preciso ter um elétrico que eu posso carregar de maneira mais simples e colocar um fone de ouvido pra não matar ninguém.

2) Cuidar mais de mim

5e6a1ed64fa718dd68dd499ff0cb4c1b

Estou com uma crise de auto estima causada por causa de problemas de saúde. Esse problemas já foram resolvidos, mas suas sequelas ainda não então preciso correr atrás e resolver isso. Não porque preciso ser modelo de capa de revista, mas porque quero me sentir dona do meu corpo. Quero ter mais controle, ser mais forte e aguentar uma subida até meu apartamento sem ofegar (hahahahhaha). Então estou indo a uma nutricionista e me matriculei em várias aulas. Além das caminhadas com o Tigrão para me ajudar a fortalecer meu corpo e minha mente.

Quero fazer uma atividade como Lian Gong pra me ajudar a centrar minha mente e meu corpo. Pensei em pilates mas acho que no momento Lian Gong pode ser a melhor opção, mesmo porque já tive um contato com ele antes.

3) Passar mais tempo com a minha família e amigos

45732834b7b434d108744d9d9409caa2

Com o passar dos anos fiz amigos que estão longe de mim, assim como minha família. Por motivos de mudanças acabei deixando alguns tão longe que só tenho notícias quando publicam algo nas redes sociais. E não é o tipo de amizade que quero ter com eles. Quero poder abraçar, contar coisas e ouvir as histórias que eles tem pra contar. Quero realmente ser amiga em todo o sentido da palavra e quero que eles sejam meus amigos de verdade.

E a família é algo que prezo muito sinto falta deles, de estar com eles de passear, de fazer artesanato. Sou uma felizarda por ter essa família maravilhosa, preciso curtir mais eles. E esse ano não vou deixar isso passar.

 

Eu sei  que esse post foi longo, mas tinha que fazer a retrospectiva e definir essas metas. São coisas importantes pra mim. São o meu mantra esse ano. A minha ideia não é mudar as metas, mas adicioná-las, isso é, vou manter as metas do ano passado também.

10277640_855230831195013_3144590619835334149_n

QUE 2015 SEJA MARAVILHOSO PRA TODOS =)

Kit escritório

Tags

, , , ,

Um trabalhador em média passa 8 horas por dia e 5 dias da semana no trabalho. Mas normalmente tem um dia que você estica e fica um pouco mais pra resolver aquele probleminha que vai dar dor de cabeça lá na frente. Ou acaba levando a marmita e passando a hora do almoço na empresa mesmo. Isso tudo contribui para dizer que passamos uma boa parte de nossas vidas no local de trabalho.

Então por que não deixar um kit de ajuda para aquelas situações que sempre parecem acontecer quando menos se espera? Um botão da blusa escapuliu, a barra desfez, a glicose ou a pressão baixou. Tudo isso e muito mais. Então eu bolei a ideia do kit escritório. Quando morava em São Paulo eu atravessava a cidade inteira pra ir pro trabalho, então ficava muito difícil quando algum imprevisto acontecia. Logo eu tinha que estar preparada, e em todos os lugares que eu trabalhei sempre tive uma gaveta ou/e um armário onde guardava o kit básico pequeno.

O que contém?

28bc8d00db180812ceff53ecaee5bd9a

  • Kit costura básico: Você não precisa saber costurar mas um kit pequeno e básico de costura daqueles que vendem em lojas de 1 real já salva a vida;

63ce5c10bbc827b396452bb7591709f1

  • Kit Primeiro socorros: O que deve conter? Remédio pra dor de cabeça, dor no estomago, dor de garganta e antigripal. Eu sempre acrescento band-aid, um sachê de açúcar e um de sal. (Glicose baixa vai o sachê de açúcar, pressão baixa vai o de sal).

46a52ddf42f9eb149a899a09bfa1adce

  • Guarda-chuvas: Os meteorologistas nunca acertam a previsão então porque contar com eles? Ainda mais que sou de uma cidadezinha que o clima passa por todas as estações ao longo de um dia.

0e934d67d006a42ec8e2890009878619

  • Blusa de frio: Sempre tenho uma a mão, não importa o calor que esteja fazendo.

ce540f351b4220714f77e262b5f26cdf

  • Kit beleza: Remover de esmaltes (eu tenho aqueles de lenchinhos), lenços descartáveis, absorventes, desodorante, um frasco de perfume, escova de dente e pasta, fio dental, lixa de unha e uma escova de cabelo.

bcdce466d3457c5bf71ef6eb1780117e

  • Eletrônicos: Cabo para carregar celular, fone de ouvido.

97295e45e3e49aded00112840ed8cc3c

  • Kit lanche: Melhor do que comer um fast food processado (salgadinho, frituras e refrigerantes) ou mesmo atacar a lanchonete, fica melhor pra sua saúde e pro seu bolso trazer uns lanchinhos saudáveis todo dia e deixar sempre a mão bolachas integrais e/ou barrinhas de cereal. Nunca se sabe quando a fome pode bater.

3d3b842e0a6c8b44e546e686815b647d

  • Garrafa para tomar água: Além de ser mais ecológico que copos descartáveis fica mais fácil ter água sempre a mão.

Lembrem-se que estes kit não precisam ser grandes, nada de escova de cabelo gigantesca, ou um guarda-chuvas enorme. Essa é a ideia de ter algo palpável sempre a mão. E claro que você pode incrementá-los. O que vocês acham que é indispensável e tá faltando na minha lista?

Golpe eletrônico (Phishing)

Tags

, , , , , , ,

0a83c260d3084c6a58067328d5eab5a0

Sou computeira, trabalho todo dia na frente de um computador. E por estarmos ali trabalhando com isso achamos que somos imunes. Que só podemos sofrer se formos assaltados ao vivo. Mas não é bem assim. Conhece a frase que diz, quanto mais seguro você se sente mais fácil você deixa um ponto fraco?

Se você faz um esporte radical, você tem todo o conhecimento necessário para não ter problema, mas porque você é experiente no assunto você não dá tanto valor no preparo das coisas.

Foi assim que me senti essa semana, cai no golpe mais bobo da internet, compra online em site falso, tudo bem q foi bem feito, mas ainda sim teve vários pontos que eu vi que podia ter previsto que era um golpe e nada mais. As vezes você está tão fixo no que você está querendo que não percebe algo na sua frente.

Errei, o bom é que percebi o erro rápido. E no mesmo instante cancelei o cartão sem grandes danos.

Infelizmente eu cai, assim como muitos. O que eu tiro dessa história? Fiquem espertos, verifiquem, desconfiem e acima de tudo sigam seus instintos, eu ignorei e bom vocês já sabem.

Fica aí um infográfico com algumas informações importantes:

8279a886befa433b1294d78909f72884

Gaste dinheiro onde você passa seu tempo

Tags

, , , , ,

7e094e5347b4619e1d0b5bfb86a55a67

Recebi um artigo do Lifehacker do meu namorado que falava exatamente isso. E a gente não para pra pensar nisso. Você passa 8h por dia (em média) dormindo, então porque você vai ser mão de vaca e comprar um colchão meia boca? Você vai sofrer horrores depois e gastar um belo tanto com remédio, médico e fisioterapeuta (eu passei por isso).

Claro é difícil, você pensa eu num tenho essa grana pra comprar o colchão que eu quero agora, mas como o próprio Lifehacker fala, você não vai trocar seu colchão no mínimo por 5 anos e passando todo dia dormindo em média 8h por noite, faça os cálculos. Digamos que você recebe um salário de 4000 reais por mês, o que se resume em 20 dias de trabalho e 8 horas por dia, logo dos 4000 por mês você recebe por hora R$ 25,00. Se você vai passar 5 anos com o mesmo colchão/cama, digamos que um top custe 5000 reais, você passaria 8 horas por noite. O gasto do colchão por hora será de R$ 0,11.

Claro você num tem R$ 5000 pra gastar no colchão de uma vez, mas se você se apertar um pouco talvez em algumas vezes você consegue fazer. Pense o tanto que você iria economizar de médico, fisioterapeuta e remédios. A gente nunca para pra fazer os cálculos, mas se cuidarmos do ambiente que passamos mais tempo vamos ter uma economia muito grande dinheiro gasto em saúde, vamos ter mais tempo pro que quisermos fazer e até mesmo mais humor.

Não se resume apenas ao colchão, pense no seu trabalho, por que não investir em um computador melhor se você trabalha com isso? Ou em acessórios, como suportes, para melhorar sua vida no trabalho? Muitas empresas até fornecem apoios para pés, suporte de monitores até mesmo suporte para teclado e mouse. Mas e se elas não fornecem? Bom seja pró-ativo, procure você por um bom suporte para os pés, quem sabe até com massageador. Se você trabalha em pé, que tal um bom calçado?

Não pense que os outros tem que fornecer tudo pra você, ou seja, não fique esperando, é a sua saúde em jogo.

Guarda-roupa dos 30

Tags

, , , , , , ,

Se eu contar pra vocês que eu estou vendo os trinta ali na frente, e até pouco tempo atrás estava com medo disso. Na época dos nossos pais os trinta era uma fase marcante, onde a família já devia estar formada, com bens materiais em mãos e seu sucesso profissional no auge. E vendo meus trinta chegar e me sentindo uma adolescente, com medos e ambições a flor da pele, isso me deu medo, será que devia mudar quem eu sou? Será que devia mostrar que sou mais madura do que minhas roupas? Será que vou conseguir ter a casa, não ter dívidas, viajar???

d48da883deb04d9ca4c6071ca4148b38

 

Estou numa vibe de procurar melhorar meu jeito para que isso reflita no meu profissional, sei que a parte técnica do meu trabalho eu não deixo a desejar, mas será que tenho o resto necessário para gerir? Com base nessas perguntas eu comecei a procurar aprimorar meu eu. Com cursos como o citado anteriormente de Etiqueta social, estou lendo livros como o do Arthur Bender e tentando melhorar meu conhecimento financeiro com ajuda de um consultor financeiro. São mudanças que vão afetar a minha vida. E mudanças necessárias se quero crescer, mas uma coisa eu deixo muito a desejar, meu guarda-roupa. Gosto de camisetas engraçadas, tenho roupas de todos os estilos, mas tenho a péssima mania de usar errado.

Então comecei a pesquisar sobre o assunto e claro que bati nos sites do Oficina de estilo e nos programas como Esquadrão da moda. Mas encontrei outras coisas também, links que ajudam você a começar. E é isso que eu preciso, começar. O primeiro passo dessa mudança é um inventário do seu armário, segui a ideia desse blog. E é por onde vou começar, faça um mapa, separe o que você não usa mais de 6 meses, coisas que você ganhou e nunca usou. O Feng shui já diz, energia boa é aquela que deixa fluir, se tem coisa parada que não é usada esqueça, doe deixe alguém usar essa peça fazer a energia fluir.

main.original.585x0

 

Então vou começar por aí, fazer um inventário e separar o que eu não uso ou não dá mais pra usar, isso mesmo nada de guardar pra quando você emagrecer ou voltar pra moda, pra que?! Vai ficar lá parado um tempão e quando você for usar mesmo, talvez olhe e fale porque eu guardei isso?! Antes eu guardava, agora eu pego as calças jeans e faço “monstrinhos de pelúcia”. Dê uma olhada no seu armário, o que você não tem usado?! E por quê? Já pensou em doar? Abrir espaço para aquele vestido lindo que fica perfeito no seu corpo? Pensa nisso!

Esse post vai ser o primeiro de uma série, vou criar uma categoria pra esses post relacionados com o guarda-roupa mais maduro.

Etiqueta Social

Tags

, , , , , , ,

A gente acaba se aprimorando muito na nossa área de trabalho. Nos tornamos referências no assunto. Mas acabamos deixando de lado todo o resto.

Eu tenho a mania de ouvir e perguntar sobre o que eu não conheço. Sou curiosa por natureza. Já fiz de tudo um pouco e continuo querendo mais e mais. Com isso percebi que para me aprimorar mais precisava complementar meu lado de lidar com situações do dia-a-dia. Como me portar ao conhecer um cliente, num almoço de negócios e apresentar algum trabalho. Fui então junto com a minha mãe (companheira de aventuras) fazer um curso de Etiqueta social. O curso foi muito bom, abordou apresentação, cartão de visitas, almoço, festas, você como anfitrião e dress code.

E tudo isso tanto pro lado social quanto pro lado empresarial. Aproveitei e tirei várias dúvidas. O curso foi perfeito pra minha expectativa, ele era um curso inicial para quem quer seguir carreira em moda e consultoria de imagem ou para motivos pessoais. O curso foi ministrado pela Thereza Rachel no Senac.

foto

Para complementar o curso eu comprei dois livrinhos da Ana Vaz, uma consultora de imagem que tem uma escola para ensinar as novas consultoras de imagem. Um dos livrinhos é O Pequeno livro de Etiqueta e o segundo é um livro de estilo. Acho super válido acrescentar vários livros e revistas como a Casa e Comida, que visa recepção de pessoas, um dos temas abordados no curso. E claro você e deve complementar com outros livros, cursos e workshops. Estou muito ansiosa para ler um livro indicado pela professora, Personal Branding do Arthur Bender, é um livro que aborda várias áreas da sua vida e como sua mesa de trabalho, seu carro e como tudo isso afeta sua imagem para com as outras pessoas.

ana-vaz

Livros da Ana Vaz

Livro do Arthur Bender

Livro do Arthur Bender

A grama do vizinho sempre parece mais verde

Tags

, , , , , , , ,

20140515_210014

Depois de um tempo eu volto, tô tão atarefada, nem vou tentar justificar. Mas aproveito pra dizer que tirei umas férias merecidas, e graças a minha linda mãe realizei o sonho de conhecer a Europa. Lá passeamos por 5 países e mais ou menos 10 cidades. Nelas tivemos que nos virar para achar os lugares, nos locomover e principalmente o que comer. Claro que você vai ter q dar a cara a tapa e tentar mímica quando a barreira da língua atrapalhar. Mas é uma experiência fantástica.

Contudo, sempre achei que o “primeiro mundo” não tivesse tantos problemas parecidos com os reles mortais aqui. Conversando com a amiga francesa da minha mãe (e agora minha também), percebi que eles também tem muita corrupção, que os impostos são bem altos. Que a distribuição dos impostos é complicada. Claro, eles tem um sistema educativo público bem melhor que o nosso e os hospitais também. Mas muitos problemas são bem parecidos.

Em Paris, vimos um assalto. Claro que foi um batedor de carteira e ele foi pego, mas mesmo assim muito parecido com São Paulo, onde você deve sempre tomar cuidado. Outra coisa que me incomodou bastante, muita gente tentando vender coisas que eu realmente não precisava pra tirar uma graninha, e tipo você falava que não dali a pouco aparecia outro te oferecendo a mesma coisa. E bastante pedintes, em todos os lugares, e alguns até dá medo quando você dá um dinheiro e eles dizem que foi pouco (e eu sou rica por acaso? Fui com o dim dim contado).

Claro que tivemos muitos momentos maravilhosos, acho que viagem é uma coisa que enaltece. Não retiro nada do que passei dessa viagem, aprendi muito, percebi que me virei muito bem. Foi bem cansativa, queria ter feito mesmo lugares e mais tempo em cada lugar, acho que aproveitaria mais. Mas vou fazer um post detalhado de cada cidade e das minhas impressões sobre cada lugar.

O que eu queria dizer com esse post é não pense que lá é diferente, que lá é melhor, em muitos aspectos é e em outros não. Não me vejo indo morar pra lá, talvez visitar novamente, mas aqui é meu lugar, minha casa, minha gente e minha terra.

A grama do vizinho só parece mais bonita, quando vc chega mais perto percebe que é igualzinha a sua 😉