Tags

, , , , ,

Muito clichê fazer um post sobre o dia dos namorados, mas adoraria escrever sobre o que eu tenho passado nesses últimos dois anos.

Eu não acreditava naqueles casais que ficam namorando na frente de todo mundo como se ninguém existisse. Achava tudo aquilo imaginário, que aquela tensão entre os casais era falsa. Quando estava com alguém, gostava de estar perto, mas não como aqueles casais, achava exibicionismo. Até conhecer meu namorado.

Conheci ele numa numa festa junina no dia dos namorados. Sim, mais um clichê, mas juro que é verdade.  Fomos apresentados por uma amiga em comum, ia encontrar ela na festa e ele foi junto. Quando chegamos na festa, eu estava faminta, então fui comprar um cachorro quente. Festa vai, festa vem, fui buscar o segundo cachorro quente, sabe como é sou viciada em cachorro quente. Quando já estava pra ir embora, ele chegou com o terceiro cachorro quente da noite pra mim.

Pronto naquele momento eu tava apaixonada, demorou umas duas semanas pra gente começar a ficar e um mês pra namorar. Dois anos depois eu me vejo como aqueles casais, que não acreditava ser de verdade, e hoje vejo que era. E a sensação de começo de namoro nunca passou e se continuar assim, nunca vai passar.

Anúncios